01/10/2014

Lágrimas em vão



Guardo em meu peito todas as lembranças. Lembraças de cada momento que passamos juntos, de cada risada juntos, de cada carinho, de cada lágrima que derramamos juntos e de todas as carícias e beijos que trocamos. A vida não foi justa comigo em relação ao amor. Tive vários amores durante a vida e cada um teve sua marca, sua importância decepção.

Passei noites em claro pensando no que você estaria fazendo naquele exato momento, estaria feliz longe de mim? Estaria feliz por ter partido meu coração? Estaria feliz por ter me iludido com promessas que não pode cumprir? Creio que não. Você não é de se arrepender do que faz, mas talvez sinta pena de mim por ter sido tão dependente do seu amor e até ontem não saber viver sem ele. Mas os dias passam e eu vivi um de cada vez e a cada dia que passava eu aprendia mais com meus próprios desesperos. Pensei em como alguém poderia depender tanto de outra pessoa como eu dependia de você, do seu amor.

A melhor coisa que poderia ter feito foi pensar, organizar meus sentimentos e juntar os cacos que você deixou. Hoje estou recuperada, olho pra trás e dou risadas dos momentos em que abaixei a cabeça pra chorar por algo que não era mais meu, que não iria voltar. É com os erros que aprendemos, foi com você que aprendi. Você foi o meu maior erro!








                                                                                                  -Larissa Farias

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...