18/10/2013

Pensamentos


Todos os meus pensamentos se voltam a você, a nós e aquele dia. Um dia frio e de muita neve, nevava como nunca havia nevado antes.
Eu estava cansada de toda aquela vida sofrida de não poder estar com você, meus pais eram uma pedra em nosso caminho, mas eu estava disposta a ir embora com você e deixar tudo para trás e iria ser só você e eu. Mas você não estava lá, esperei durante horas com a esperança de que você chegaria a qualquer momento. Meus pés tremiam até que ficaram dormentes e minhas mãos praticamente congeladas, eu respirava com dificuldade porque meu peito parecia que ia explodir, não sei se era por causa do frio ou da decepção.
No dia seguinte acordei e estava em minha cama, não sei como fui parar lá, foi então que meu irmão entrou e me disse que havia me encontrado desmaiada na neve, meus pais me procuraram ontem à noite e meu irmão havia dito que eu estava em meu quarto dormindo e em seguida eles foram dormir, ele esperou meus pais caírem no sono e foi me procurar.
Fiquei decepcionada quando ouvi aquilo, meu irmão poderia ter simplesmente me largado lá e talvez eu tivesse morrido, seria melhor assim. Meu peito doía de ódio, tristeza e amor. Por que ele não apareceu?
Dias depois meu irmão me entregou um bilhete, ele disse que havia encontrado ao meu lado. No bilhete dizia:

Olá querida!
Em primeiro lugar quero que me perdoe por tê-la enganado e não ter aparecido para encontra-la. Quero lhe dizer que eu partirei essa noite, prometi que seria com você, mas os planos mudaram. Você deve ser feliz sem mim, merece algo melhor e quero que saiba que estou indo embora com a Maria nossa amiga. Perdoe-me por não ter lhe contado antes, não queria magoá-la.
Adeus!

Não entendo como pôde me trocar por ela?
Tudo bem eu ainda não superei, mas penso sempre no que aconteceu aquela noite, no meu desespero por você não ter aparecido e ter ido embora com outra, em pensar que eu poderia ter morrido por hipotermia se meu irmão não tivesse aparecido.
Meus pensamentos me deixam confusa e sem saída, não consigo pensar em nada além de como seriamos felizes juntos sem meus pais para interferirem no nosso amor, mas pensando bem talvez eles tivessem razão quando diziam que você não era descente para mim e que eu não seria feliz ao seu lado. Dane-se tudo, eu só saberia se tivesse tentado, se você tivesse me dado à chance de te fazer feliz bem mais do que eu fiz. Tenho certeza que te fiz feliz um dia assim como você me fez, mesmo tendo me enganado.



                                      
                                                                                                      -Larissa Farias




12 comentários:

  1. Olá Larissa é da sua autoria este texto? Que história triste e decepcionante.. Só quem ama de verdade sabe o que custa perder quem mais amamos.. Um beijo e força*
    http://xoxoentresaias.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Nossa que texto maravilhoso. Parabéns

    Blog: http://imaginecrazymy.blogspot.com.br/ segui segue de volta?
    FanPage: https://www.facebook.com/TeenPartyBlog like?

    ResponderExcluir
  3. O blog tá lindo, viu. Parabéns. To curtindo. :* E você escreve bem demais, Lari.

    segui http://batmangypsy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi flor amei o post bem legal, estou seguindo seu blog, se quiser fazer uma visitinha no meu fike a vontade tá !
    beijos!
    http://germanypret.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada flor! :)
      Pode deixar que vou retribuir.

      Excluir
  5. Larissa, Parabéns amei seu cantinho e você tem que se dedicar a escrever um livro futuramente escreve bem e com fundamento. bjs Já te seguindo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa. :O
      Muito obrigada, fico feliz em saber disso e quem sabe um dia eue screva um livro, vontade é o que não falta. :)

      Excluir
  6. Parabéns pelo blog, e pelos textos. Você escreve muito bem, tem talento para a coisa. Seguindo o blog, bjkas,
    www.todagarotaestilosa.blogspot.com =)

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...